SETEMBRO AMARELO | O trabalho adoece?

Profissão: Psicólogo
27 de agosto de 2019
Psicologia esportiva ajuda atletas a melhorar rendimento e alcançar o pódio
3 de outubro de 2019

SETEMBRO AMARELO | O trabalho adoece?

Em apoio à campanha nacional Setembro Amarelo, promovida desde 2014 pela Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP) e pelo Conselho Federal de Medicina (CFM), a Sagicon irá abordar as doenças que são mais frequentes em contextos de trabalho e muitas vezes gerados por eles, como:

 

  • Depressão;
  • Síndrome de Burnout;
  • Estresse;
  • Transtorno de Ansiedade Generalizada;
  • Síndrome do Pânico.

O Brasil é o 8º país em número absoluto de suicídios. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), nove em cada dez mortes por suicídio podem ser evitadas. No Brasil, 32 pessoas se matam por dia. Muitos desses casos são resultantes de situações de trabalho desgastante, que demandam muita competitividade ou responsabilidade.

 

Hoje em dia não basta ter um emprego, é preciso ter propósito. O trabalho sem sentido e a vida sem metas adoecem. “O esforço em si não adoece, o que adoece é o esforço que você despende sem saber pra onde está indo”, explica Sandra Mara Duarte Pierozan, pedagoga e psicóloga, palestrante da Sagicon.

setembro amarelo

Todo sucesso exige sacrifícios, esforço e foco. Muitas pessoas vivem um dia de cada vez, gastam tudo o que ganham, trabalham para sobreviver e o desgaste emocional será sempre maior do que o desgaste físico nestes casos. Ter metas bem definidas ajudam a enfrentar as dificuldades e a fazer os sacrifícios necessário.

 

A terapia vem ao encontro te auxiliando a encontrar respostas e promovendo o autoconhecimento. Ela é uma das formas de estabelecer metas que te levem à felicidade. “Se suas metas forem pautadas em buscas externas, um dia vem a conta e a saúde é a primeira a pagar por isso. Portanto, o que adoece não é o trabalho é a falta de sentido na vida profissional e na vida pessoal.”, complementa Sandra.

 

Nossos corpos são projetados para lidar com pequenas doses de estresse e ansiedade. Mas, não estamos preparados para lidar com o estresse crônico de longo prazo sem consequências negativas. Precisamos de espaços para falar sobre isso. Acompanhe a Sagicon neste mês de setembro e venha debater o assunto conosco!