Trabalho em Equipe na Logística 4.0

Covid-19 provoca mudanças comportamentais
18 de agosto de 2020
Digito logo existo?
19 de novembro de 2020

Trabalho em Equipe na Logística 4.0

Logística 4.0 é uma expressão que representa uma nova fase da logística, ultra conectada e que atende aos requisitos de velocidade, ganho de eficiência, redução de custos e disponibilidade de informações impostos pela indústria 4.0. As mudanças decorrentes da revolução industrial 4.0 impactam em alguns setores de forma exponencial. É super importante identificarmos quais áreas estão em ascensão e exigem novas estratégias e um novo olhar para que possam estar realmente preparadas para os novos desafios do mundo contemporâneo. 

 

O setores de Tecnologia e de Logística são de grande importância para atenderem com as novas exigências do mercado e para a satisfação do cliente. Com esta perspectiva debatemos sobre essas mudanças com dois profissionais para que possamos compreender tais mudanças e possibilidades.

 

 

Nesse novo cenário, a tecnologia, automação e conectividade estão muito presentes, integrando diversos setores. “Com toda essa modernidade, tecnologia de ponta e comunicações impactando na logística 4.0, é claro que precisamos cada vez mais equipes e pessoas altamente treinadas e capacitadas. O alto poder de análise também permite digerir toda essas informações que se tem ao seu dispor e usar para melhorar os gargalos”,  explica Eloy Carlos Duarte Pierozan, supervisor da Distribuidora Orion.

 

Um dos principais desafios que a logística 4.0 traz para qualquer empresa é a mudança da cultura organizacional. Esse processo não depende apenas da implementação da nova tecnologia, mas da aceitação dela na rotina, na capacitação dos funcionários. É algo que pode levar algum tempo, mas é essencial para que funcione. “Como a ideia é aumentar a integração por meio da conectividade, as pessoas devem estar preparadas para mudar a forma como executam e monitoram os processos. Nesse sentido, o TRABALHO EM EQUIPE, é  fundamental para que haja esse processo de crescimento e evolução constante,  pois, em equipe podemos ter a real percepção de como, onde e de que forma  podemos chegar mais longe”, explica a Psicóloga Sandra Mara Duarte Pierozan, diretora da Sagicon.

 

Quem é o profissional da indústria 4.0?

 

São indivíduos com formação multidisciplinar e flexível, além de domínio de novas ferramentas, idiomas e competências emocionais. São capazes de se adaptarem facilmente a uma nova cultura de negócios e habilitados socialmente para desempenhar trabalhos colaborativos.

 

Algumas das competências que devem ser desenvolvidas para atuar nesse novo cenário são:

  • criatividade;
  • produtividade;
  • postura ética;
  • disponibilidade de assumir novos desafios e
  • versatilidade.

 

Aptidões decisórias também serão um diferencial do profissional que consegue assegurar reações sociais e emocionais no âmbito organizacional. Tudo por meio de trabalho em equipe, ações colaborativas e atividades compartilhadas. “Nesse sentido, será possível deliberar por intermédio da criação de valor e liderar pelo exemplo, já que a formação multidisciplinar permite executar diferentes funções. Além disso, a integração entre os diversos agentes da empresa e as ferramentas disponíveis facilitará o processo de comunicação”, explica a psicóloga.

 

 

Ainda com a Logística 4.0 relativamente nova no Brasil, as empresas que  usarem a tecnologia da informação a seu favor terão demandas, vendas e produtividade maiores, contratando mais funcionários e reduzindo seus custos. “Acredito que diante deste cenário, teremos espaço no mercado de trabalho, desde que não fiquemos parados no tempo, não nos acomodemos na ‘mesmice’ da  rotina do dia a dia”, complementa Eloy. 

Quebre os paradigmas com as novas possibilidades da Logística 4.0 e conte com a Sagicon nesse processo!